5 dicas que um engenheiro deve seguir para se destacar no mercado

shutterstock_149991722A Engenharia é fundamental para o desenvolvimento de qualquer país, região ou cidade. Sem ela, as áreas de criação e produção ficariam comprometidas, e a inovação estagnada. Entretanto, por conta da grande oferta de tecnologias e o surgimento de novidades a cada dia, o profissional desta área precisa estar sempre atualizado e adaptado aos novos conhecimentos e técnicas.

Por isso, destacar-se em um mercado tão competitivo e amplo, com diversos segmentos (são cerca de 35 cursos existentes), não é tarefa fácil, principalmente para os recém-formados. Para ajudá-lo, vamos listar hoje algumas dicas para você se sobressair nesse ramo. Acompanhe:

Pratique a especialização contínua

A engenharia é o quarto curso mais procurado no Brasil segundo dados do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira), perdendo apenas para administração, direito e pedagogia. São 20 mil novos profissionais no mercado a cada ano.

Por isso, para se destacar dos concorrentes, principalmente os estrangeiros, o profissional desta área deve buscar aperfeiçoamento contínuo. Ele pode vir por meio de cursos de pós-graduação ou especialização, além de idiomas (inglês fluente é essencial em várias áreas), congressos e palestras. Além de melhorar o currículo, a especialização contínua mostra que o profissional possui atitude de buscar sempre o aperfeiçoamento e não fica estagnado. Traços muito valorizados nos processos de contratação.

Cultive uma visão inovadora

Inovar depende de uma série de fatores, como investimentos, soma de tecnologias, conhecimento técnico e muito trabalho. Mas mesmo quando todos estes fatores estão presentes, nada acontece sem um profissional de visão inovadora para combiná-los. Por isto, aqueles com mentalidade de inovação saem na frente e são os preferidos do mercado. Estes profissionais apresentam boas ideias e estão dispostos a se arriscar e apostar em novos processos. Comportamento fundamental para o desenvolvimento e o crescimento de empresas e dos próprios profissionais. Cultive em si o valor pela criatividade e inovação, em qualquer área que atue!

Esteja de olho nas novidades

Para se tornar um profissional inovador e voltado ao empreendedorismo, um engenheiro precisa estar sempre antenado com os assuntos em destaque, pesquisar bastante e trocar informação. É assim que se descobrem as novidades, novas tecnologias e técnicas para melhorar seu dia a dia e seu trabalho. Todo engenheiro deve buscar este comportamento!

Diversifique suas experiências

Como essa é uma área muito ampla, os conhecimentos são muito diversos e a gama de tecnologias disponíveis é enorme. Explore esta diversidade para se tornar um profissional mais versátil e completo. Mesmo que continue na mesma empresa, procure variar as suas funções e responsabilidades e até mesmo o seu cargo. Com isto, se evita a estagnação, adquirindo novas experiências e vivência profissional.

Outro ponto que facilita essa “mudanças de ares” é que muitos engenheiros, com o passar do tempo, acabam assumindo funções administrativas e se afastam dos trabalhos práticos. Mas isso depende muito dos objetivos de cada profissional e do plano de carreira oferecido por empregador.

Seja um profissional do futuro

De acordo com a Unesco, produziu um relatório com milhares de especialistas em diversas áreas -inclusive engenheiros- os profissionais do futuro devem possuir os seguintes atributos:

  • Flexibilidade;

  • Versatilidade;

  • Ser inovador e criativo;

  • Ter interesse em aprender sempre;

  • Saber trabalhar em equipe;

  • Ser empreendedor;

  • Assumir responsabilidades;

  • Ter conhecimento em algumas línguas e culturas, por conta do mercado cada vez mais globalizado;

  • Conhecimento em disciplinas internacionais, como direito e comércio;

  • Sustentabilidade.

Cada profissional tem seus pontos fortes e fracos. O que separa os grandes profissionais do resto é a capacidade de perceber onde estão as suas deficiências e tomar ações para melhorar. Sabendo então de quais são as características mais desejadas pelo mercado, que tal fazer uma avaliação da sua atual situação e começar hoje mesmo a se tornar um profissional de destaque no mercado? Aproveite e nos conte, nos comentários, qual será o seu plano!

 

  • Rafaela rosa de souza

    Bom,eu vou começar minha faculdade de engenharia civil esse ano
    quais dicas vocês mim dão pra mim não ficar com tanto medo como eu estou agora kkk.

    mim der umas dicas de incentivo pra mim segui sem medo…..obg

    • Gabriel

      Rafaela, para um bom começo, exercite sua comunicação, seja ela escrita ou falada. Um bom engenheiro deve saber se comunicar de forma clara e objetiva. Será um grande começo. Boa sorte!

    • fabio

      faça um favo para a classe,não entre na engenharia. Obrigado

    • fabio

      favor*

  • Paul

    “Mim precisa aprender escrever corretamente ou tornar-se-á um engenheiro(a) ruim.”

  • juliodias

    Boa noite. Estou no 4° período de engenharia mecânica e gostaria de saber conselhos de cursos extracurricular para acrescentar para eu conseguir um estagio. Desde já agradeço pelo espaço.

    • Érik Dias

      Julio, te indicaria o curso de Ferramentaria de Corte. Dobra e Repuxo é uma ótimo opção de curso extracurricular e vai contar muito, muito mesmo na hora de arrumar um estágio ou emprego.

    • Érik Dias

      ótima*

  • fabio

    kkkkkkk mim quer peixe , uga uga

  • raphaghalli

    Boa tarde Rafaela,
    Dicas pra seguir sem medo da profissão:
    1) Tenha medo da profissão, só assim voce não será medíocre
    2) Aprenda, antes de calcular, a escrever de forma correta
    3) A faculdade lhe dará um curso, não o conhecimento pratico
    4) Saiba muito bem a lidar, convencer e a se fazer entender com pessoas de todos os niveis sociais e em repartições publicas
    5) Tenha visão clara de que suas notas na universidade não refletirão sua competencia na vida profissional

    Att

  • Joao

    Porque você não se qualifica e faz contatos com pessoas lá de dentro para ”puxá-lo” também?

  • Minato

    kkkkk você é uma comédia!! Só vou te responder uma coisa, Obra superfaturadas, material ruim afim de economizar, dinheiro desviado, só não sei porque tanta indignação parece até que você é uma pessoas frustrada na sua carreira profissional e atribui a culpa a esse tipo de crítica que você fez.

  • Francisco Wesley

    Foi a melhor coisa que li no meio de tanta besteiras

  • Francisco Wesley

    Cerca de 24 % de empregos nos Brasil é baseado no Q.I (quem indica), então essa realidade não irá mudar tão cedo, recomendo que faça um bom Networking.

  • Francisco Wesley

    A diferença de um aluno formado em Federais para um de Particular é notória em questão de NÍVEL, mas os cursos profissionalizantes voltada à engenharia e o aprendizado de novas línguas certeza irá ser o grande diferencial entre os formando de engenharia. Curso engenharia mecânica em uma instituição particular e creio que estou tendo uma boa capacitação para o mercado e me sinto seguro em enfrenta-lo, já em relação a formação que o pessoal sabe nem escrever direito e querem calcular como você falou, creio que em todos os cursos possuem alunos que se formam nas “coxas” e engenharia não é diferente, não tenho problema da quantidade de pessoas que se formem em engenharia e no ensino delas, me preocupo com a minha capacitação que fará eu ser mais bem notado no mercado do que os que se formaram nas “coxas”. Então faça seu nome e esqueça os outros!