Empacado no inglês? Saiba o que pode estar te atrapalhando

speak-english-now

Estudar inglês nunca foi uma coisa fácil e quem começa a se dedicar ao idioma sabe como é difícil absorver e fixar um instrumento de comunicação de outra cultura.

Estudar uma língua e alcançar a fluência só é possível quando o estudante se envolve com a língua e traça metas para atingir com disciplina e persistência.

O fato é que muitos estudantes de idiomas se esforçam bastante e, mesmo assim, não conseguem conquistar a fluência. Muitas vezes o que desacelera ou prejudica o aprendizado de idioma, porém, não é o conteúdo nem a didática do professor. Nesse caso, o erro parte do próprio aluno.

Hoje, trouxemos alguns maus hábitos que podem influenciar de forma negativa nos estudos e comprometer o progresso na língua.

 

Não praticar tudo o que se aprende

ingles

Para aprender uma língua é preciso praticá-la dia e noite. Não adianta praticar o idioma apenas quando se está na sala de aula ou quando se tem alguma oportunidade.

Para poder fixar o conteúdo e torná-lo parte de seus conhecimentos é preciso colocar tudo o que você aprende em prática através de conversas com outros estudantes, jogos ou plataformas como a Preply, por exemplo, que oferece aulas de inglês presenciais ou 100% on-line, dadas por professores de inglês do Brasil e do mundo – clique aqui.

Quanto mais o estudante se envolver não só com a língua, mas também com a cultura do país, melhor aprenderá a língua inglesa.

 

Não estabelecer horários

agendaEstudar de forma desregrada é outro problema que muitos estudantes enfrentam, talvez pelo fato de que estudar nem sempre é agradável e, portanto, deixa de ser prioridade.

Porém, para poder atingir o nível de proficiência na língua inglesa o aluno precisa estabelecer horários em sua rotina para dedicar-se aos estudos.

Se não tiver muito tempo disponível, 30 minutos é mais do que o suficiente, mas que seja diariamente. O que vai contribuir para a memorização do conteúdo não são as horas que o aluno passa sentado estudando e, sim, a periodicidade dos estudos.

Esse contato diário vai preparando seu cérebro para os níveis mais avançados.

 

Distrair-se na hora de estudar inglês

Se você está com fome, sede ou sono, o ideal é nem tentar focar nos estudos, visto que o aluno só vai se desgastar e não terá bons resultados, tendo muitas vezes que rever tudo mais tarde.

O estudo requer um estado de espírito tranquilo e sem ansiedade ou estresse. Se você não dormiu bem ou está precisando se alimentar, resolva primeiro esses problemas para só então começar a dedicar-se aos estudos.

Evite também lugares onde a distração é maior.Isso inclui locais que tenham televisão, rádio ou muita circulação de pessoas. Além disso, escolha uma cadeira confortável e beba água de tempos em tempos para hidratar o corpo e a mente.

 

Não ter um ambiente ideal

lugar-para-estudo

O ambiente ideal é um altar para os estudos. Quando você está se dedicando em algo que traz resultados a médio ou longo prazo, o ideal é incorporar esse hábito na rotina e isso pode ser feito escolhendo um canto da casa onde você se sinta mais confortável e tranquilo.

Com o tempo, nossa mente tende a acostumar-se às condições e começar a associar o local com o desejo de estudar. Isso aumenta a motivação e, consequentemente, traz melhores resultados.

Uma dica importante é certificar-se de que o lugar escolhido tem uma iluminação adequada para não sobrecarregar a visão, além de ar fresco, caso a temperatura esteja muito alta.

postpatrocinado

  • Mateus Souza

    Nem tava achando que era um texto publicitário, vai ajudar bastante.

  • Interessante!