Regra 10,20,30

Esses dias conversado com um amigo sobre empreendedorismo ele me recomendou um vídeo do Guy Kawasaki (confira também no final do post Vale a Pena!) um cara excepcional que segundo ele trabalhava em uma joalheria e foi chamado por Steve Jobs para trabalhar na Apple ou seja o cara não é pouca coisa.

No vídeo ele dá várias dicas sobre empreendorismo e sobre como se destacar e uma das diversas dicas que ele deu  que chamou minha atenção foi como fazer uma apresentação em Power point, acho que todo mundo algum dia precisará fazer uma apresentação seja para trabalho de escola, faculdade, apresentar sua ideia na empresa, vender produtos enfim posso falar aqui inúmeros exemplos em que se usa uma apresentação de Powerpoint. E para esses casos use a Regra de 10,20,30 do Guy Kawasaki.

A regra 10/ 20/30  funciona da seguinte maneira:

  • Faça um apresentação com apenas 10 slides : sei que é difícil dependendo do assunto colocar poucos slides, mas a dica fundamental é: não exagere pois com muitos slides a apresentação fica cansativa e desinteressante.
  • A apresentação deve ter apenas 20 minutos: seja rápido claro e objetivo mais que 20 minutos as pessoas não irão mais prestar atenção no que você está falando.
  • Use fonte número 30: Coloquem nos slides apenas as ideias principais e com letras grandes e fale em cima disso. Isso mostra que você conhece do assunto e tem bagagem para falar sobre o que você está apresentando. Muitos leêm os slides e segundo Guy isso é ridículo, pois todo mundo que está assistindo sua apresentação sabe ler e pode ler mais rápido do que você. Sem falar que se colocarem muitos textos em seus slides a fonte vai diminuir nem todo mundo pode enxergar e tornando-se tedioso.

Fiquei com essa Regra na cabeça e pensando será que as pessoas realmente podem usar? Dias depois lendo um blog do Pedro Sorren(recomendo muito dar uma olhada) vi a apresentação que ele fez em uma faculdade e parece que ele segue essa regra, deem uma olhada nos slides de sua palestra é um belo exemplo do que Guy fala.

 Observações Finais:

Lógico que você não precisa seguir a Regra a risca. “Ah! minha apresentação tem 20 slides e não 10 e agora?” Relaxe apenas tenha essas dicas em mente: poucos slides, não demore na sua apresentação e coloque uma fonte grande com apenas as ideias principais.

 Se você já conhece essa regra ou usa sem saber post aqui suas experiências.

Abaixo está o vídeo completo de sua palestra mas se quiser ir direto a Regra 10,20,30 clique aqui

[youtube id=”VKhEg79xLio” width=”600″ height=”350″]

  • Olá Gustavo, tudo bem?

    Gosto muito do material do Guy e deixo esse comentário para agradecer o trackback.

    Obrigado e um ótimo dia!

    Abraços,

    Pedro

    • Gustavo Luiz

      Olá Pedro,
      Nossa Cara, muito obrigado pelo seu comentário nem acredito que recebi um agradecimento seu.
      Acompanho sempre seus videocasts são demais foram o que me inspiraram a procurar
      fazer o que realmente gosto e a começar este blog.
      Abraço
      Gustavo

  • Parabéns novamente, esse material do Guy Kawasaki é muito bom.

    • Gustavo Luiz

      Esse cara é muito fera …
      Qualquer dica que ele dá é de qualidade.

      Abraços

  • Fabio Toguchi

    Eh ai Gustavo ..!!!

    Obrigado por estar sempre compartilhando ótimos
    materiais.
    abraços

    • Gustavo Luiz

      Valeu Fábio!!

      Fico contente de vc acompanhar o blog.
      Grande Abraço

  • Ana

    Acho a regra do 30 a mais importante, slide com muito texto “grita” insegurança…
    Fiz uma experiência com meus alunos semestre passado. Eles tinham que apresentar um artigo científico somente através das figuras e gráficos do artigo escolhido. Resultado: eles estudaram muito mais, (tinha gente ensaiando concentradíssimo quando eu cheguei!!), se obrigaram a entender realmente o assunto e fizeram ótimas apresentações!
    Fica a dica adicional: menos texto, mais figuras. 😉

    • Gustavo Luiz

      Boa Ana,

      gostei dessa sua experiência de não poder colocar textos!!
      Esse é realmente um bom desafio e uma
      otima dica pra quem quiser se diferenciar nas apresentações.