Encontrando Nichos Inexplorados – Estratégia do Oceano Azul

Você já ouviu falar na Estratégia do Oceano Azul? A metodologia foi desenvolvida por W. Chan Kim e Renné Mauborgne, e tem como objetivo direcionar o olhar das empresas para nichos inexplorados e tornar a concorrência irrelevante.

Mesmo que esteja na graduação ou acabou de ser formar, certamente este é o momento ideal para começar a se pensar naquilo que quer fazer profissionalmente. E muito provavelmente você já saiba que em qualquer setor que deseje atuar, o mercado já esta cheio de pessoas mais preparadas do que você. Então como se destacar?

É aí que entra a Estratégia do Oceano Azul. Em resumo, os autores argumentam que você precisa sair do oceano vermelho – sangrento – da concorrência, e encontrar o oceano azul, os nichos inexplorados.

Como encontrar nichos inexplorados?
Os nichos inexplorados são aqueles setores dentro de uma área que ainda não foram bem trabalhados. O Cirque Du Soleil tinha tudo para ser somente mais um circo no mundo, se não fosse o fato de reinventar a ideia que tínhamos de circo. Ele misturou diversas artes, tendo influência também da ópera, do balet e do rock, tornando-se um sucesso mundial.

É preciso ter um olhar crítico e dentro da sua área de atuação procurar nichos que ainda não tenham muita concorrência. Ao invés de se preocupar em superar a concorrência, preocupe-se em encontrar uma área sem concorrência.

Como aproveitar a Estratégia do Oceano Azul na vida Universitária?
Encontrar novos nichos não é somente uma questão para empreendedores, você também precisa desbravar certos nichos dentro da graduação. Ao invés de escrever mais um trabalho sobre aquele assunto de Engenharia já saturado, por que não dar uma chance para um outro ponto de vista do mesmo assunto que ainda não tenha sido tão trabalhado?

Milhares de trabalhos acadêmicos abarrotam as estantes das universidades de todo o país, mais quais deles realmente trazem uma inovação? Esta é uma pergunta que deve ser pensada na hora de escolher o novo tema para o seu TCC ou para aquele projeto do final do bimestre.

Não tenha medo de explorar novos nichos, peça ajuda a um professor e busque materiais que possam servir de base para seu projeto.


Como aproveitar a Estratégia do Oceano Azul na vida pós-universidade?

Este é o momento de decidir os caminhos que deve seguir. Não é nada fácil ter que escolher um caminho entre tantos existentes, correndo o risco de fazer uma má escolha. A Estratégia do Oceano Azul assegura que o melhor caminho para se seguir é sempre o da inovação.

Isso não significa que você trabalhará em algo completamente diferente do que já existe, mas que você deve reinventar o que já existe. São quatro passos importantes: eliminar, reduzir, elevar e criar.

Elimine o que não é necessário, mesmo que todos os concorrentes façam do mesmo jeito. Reduza o que é possível, seja o preço para os clientes, seja os materiais para a fabricação. Eleve a qualidade e crie um novo conceito, um novo design, um novo nicho.

Sempre ao pensar em um novo projeto, não tenha medo de dar mais liberdade a sua criatividade. Esse conceito da Estratégia do Oceano Azul pode ser utilizado em todos os setores da sua vida. Opte sempre pelo nicho inexplorado, pela aquela pequena porção da sociedade (dos estudos acadêmicos, do seu município, etc) que ainda não foi atendida.

Uma ótima estratégia é trabalhar com long tails, uma sub-área. Os blogueiros já conhecem esta estratégia, cada vez mais a especialização se torna necessária. No lugar de criar um site sobre carros, eles podem considerar abrir um site especializado em carros da Chevrolet ou da VW, por exemplo.

Dica: Se você trabalha na indústria da moda, por exemplo,  ao invés de trabalhar simplesmente com roupas femininas, trabalhe com roupas femininas para mulheres GG ou com roupas femininas inspiradas na cultura afro-brasileira.

Ou ao contrário,  ao invés de afunilar o assunto, podem englobar. Trazer novas áreas de atuação para dentro do mesmo projeto, como o caso do Cirque de Soleil.

Para conhecer melhor a Estratégia do Oceano Azul e como ela pode te ajudar a tornar qualquer concorrência irrelevante, veja o prefácio do livro dos criadores:

[slideshare id=3326184&doc=estrategiaoceanoazul-100303092231-phpapp01]

E você, tem algum projeto em mente? Os grandes empreendedores e pesquisadores nunca tiveram medo de inovar, eles se tornaram tão conhecidos justamente por explorar nichos até então incomuns.

  • disqus_q594vtMwP5

    Adorei o livro! Li enquanto estive na graduação e desde então procuro sempre fazer escolhas diferentes e sair fora do usual em todos os setores da minha vida! Muito bom!